No balanço do metrô: dança e teatro de graça


Percepção Urbana aborda questões como o assédio nos vagões e o desrespeito a deficientes. Em 1º de novembro, Taguatinga recebe o espetáculo
O balanço de uma viagem de metrô refletido em movimentos de dança, teatro e poesia: assim nasceu o “Percepção Urbana”, espetáculo que percorre o DF desde o início de outubro. Ele já foi apresentado, gratuitamente, para moradores de Ceilândia e do Gama. Agora, é a vez de Taguatinga receber duas sessões em 1º de novembro.

A peça conta a história de um ex-dançarino com Alzheimer. Ele embarca em um dos trens para encontrar a filha. Esse é o ponto de partida da narrativa, que se desenvolve por meio de ritmos variados. Da salsa ao samba de gafieira. Em cena, 12 profissionais se revezam para contar a história do dia a dia nos trens. Eles recriam desde gestos simples, como o caminhar das pessoas, até movimentos mais complexos, como a forma de se segurarem no vagão, quando o trem freia bruscamente.

O projeto tem a chancela do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Distrito Federal. É assinado por Caio Porto e Ricardo Lira. O primeiro, como coordenador-geral, e, o segundo, como diretor e coreógrafo. “Começamos a observar os movimentos corporais das pessoas ao adentrarem no transporte e percebemos a riqueza daquilo”, pontua Lira. “Assim, resolvemos transformar isso em algo interessante. Por que não uma peça?”, indaga.

Para deixar as apresentações acessíveis, duas sessões contaram com intérpretes de Libras e material em braile, voltados ao público com limitações de audição e visão. “Uma das tônicas das minhas propostas é justamente o fortalecimento de políticas públicas direcionadas às pessoas com necessidades especiais. E creio que, com as ferramentas certas, podemos tornar espetáculos mais acessíveis a diferentes públicos”, argumenta Caio.

Laboratório


Para chamar a atenção da população do DF para os temas abordados no espetáculo, como é o caso do assédio contra mulheres nos trens e do desrespeito a pessoas com deficiência, os dançarinos e atores realizaram uma espécie de laboratório, com pílulas da apresentação in loco, apresentadas tanto em estações do Metrô-DF quanto em vagões em movimento.

Serviço

O que: Espetáculo “Percepção Urbana”
Data: e local: 1/11 – Sesc de Taguatinga, localizado na CNB 12 - Área Especial 2/3 - Taguatinga Norte
Horário: às 18h30 (primeira sessão) e às 20h30 (segunda sessão)*
Entrada: gratuita
Classificação indicativa: 10 anos

*Horário sujeito à alteração

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo