Beto Monteiro e Carlos Machado formam nova dupla nordestina na Cascavel de Ouro

Pilotos pernambucanos vão pilotar GM Celta da Tuta Racing na 32ª edição da corrida, que terá premiação recorde de R$ 150 mil

 O grid da 32ª edição da Cascavel de Ouro tem confirmada a presença de mais uma dupla de pilotos de Nordeste brasileiro. Carlos Machado, líder da Classe 2B na temporada de 2018 da Turismo Nacional, anunciou nesta quinta-feira (20) que formará dupla com Beto Monteiro para a disputa da corrida de 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, que terá três horas de duração e transmissão ao vivo do canal BandSports.

Os dois são pernambucanos de Recife, embora Machado resida há anos na capital paraibana João Pessoa. Eles vão competir com o GM Celta número 115 da Tuta Racing, equipe gaúcha chefiada por Leonardo Kubaski. O motor do carro tem preparação do também gaúcho Alexandre “Bujão” Rheinlander. “O carro é muito bom e o motor do Bujão, que estou usando neste ano na Turismo Nacional, me parece ser o melhor que ele já fez”, elogia o piloto.

O bom entrosamento com Monteiro é um dos trunfos do líder da Turismo Nacional. “O Beto, além de conterrâneo, é um amigo com quem tenho contato no dia a dia, além do grande profissional que é. Tenho muito a aprender com ele. Teremos estrategista, telemetrista, outros profissionais de primeira linha, a ideia é que meus tempos de volta fiquem muito próximos dos do Beto. Estamos nos preparando à altura do que um evento desse nível exige”, pondera.

Monteiro, duas vezes campeão brasileiro pilotando caminhões, é um dos principais nomes da Copa Truck. “A Cascavel de Ouro atingiu um nível técnico e promocional que não me permite nem pensar em ficar fora”, enaltece. “Já fiz pódio, já estive perto de disputar a vitória várias vezes, e até hoje não deu. Na dupla com o Machado, que é um piloto que está em atividade constante e com uma evolução muito grande, vamos trabalhar para estar no pódio”, afirma.

A ascensão da Cascavel de Ouro no cenário automobilístico brasileiro é destacada também por Machado. “No ano passado tive uma decepção grande, que foi a de não largar, mas por outro lado isso me permitiu acompanhar com mais atenção tudo que estava acontecendo. É fato que para grande parte dos pilotos basta estar no evento, participando, com diversão. No nosso caso, não. Vamos a Cascavel para disputar a vitória”, avisa o piloto.

Beto Monteiro fará neste ano sua quarta participação na Cascavel de Ouro. Em 2015, em dupla com Marco Romanini pela Stumpf Preparações, teve de abandonar a prova quando disputava a liderança, por quebra mecânica. O melhor resultado aconteceu em 2016, quando foi terceiro colocado ao lado de Guilherme Salas e Daniel Kaefer, pela Sensei-Sorbara Motorsport. Em 2017 foi 20º colocado ao lado de David Muffato, após enfrentar dificuldades técnicas.

Carlos Machado teve em 2017 sua primeira experiência na Cascavel de Ouro. “Acabei tendo que trocar de parceiro na véspera da corrida, o que não foi o melhor cenário. Ficamos para tentar a vaga no grid na corrida de repescagem e tive um acidente logo na primeira volta, meu carro foi atingido na lateral, não pude nem continuar na prova. Por isso tudo acabei não correndo. Na verdade, a minha estreia vai ser na corrida deste ano”, comenta o pernambucano.

A participação de pilotos do Nordeste do país ganha destaque a menos de dois meses da Cascavel de Ouro, que distribuirá premiação recorde de R$ 150 mil. A relação de inscritos contempla Eduardo Bacarin/Alexandre Malta, em dupla no carro 988, Igor Antunes/Anderson Oliveira, no carro 950, Beto Pontes Filho e Beto Pontes, que formarão um trio com o paulista Alexandre Souza no carro 90. Todos esses pilotos vão defender a gaúcha Tuta Racing.

INSCRIÇÕES

Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição da 32ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para cascaveldeouro2018@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052. A disputa é aberta a pilotos inscritos carros da categoria Marcas 1.6, configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense. A tomada de tempos será feita pela média dos tempos de dois pilotos por carro e a corrida terá duração de três horas.

O regulamento desportivo da Cascavel de Ouro estipula em R$ 5 mil a taxa de inscrição por carro. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole. A programação de novembro em Cascavel incluirá ainda a sétima etapa da Sprint Race Brasil e a primeira edição da #GoldClassic, com 74 carros já inscritos.


LEIA MAIS >>>

Considerada Roriz de Saias

Apoiada pelo clã Roriz, Eliana Pedrosa absorve as propostas e o estilo do ex-governador e se torna a grande favorita ao Buriti

Mesmo quando Jofran Frejat (PR) ainda era pré-candidato ao governo do DF, Eliana Pedrosa (Pros) já aparecia em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. Com a saída do republicano, a ex-distrital assumiu a ponta e agora está a um passo de vencer o primeiro turno.

É natural que Eliana seja a favorita. Desde a eleição passada, ela vem trabalhando incansavelmente para chegar ao Palácio do Buriti. Sua passagem pela Secretaria de Desenvolvimento Social do governo Arruda foi a porta de entrada para se aproximar das camadas mais pobres da população. Só que não se trata apenas de estratégia política. Pedrosa leva jeito com o povo, algo que lembra os tempos áureos de Joaquim Roriz na cidade.

A aliança com seu ex-colega de Câmara Legislativa, Alírio Neto (PTB), também foi fundamental para a candidata do Pros ser a primeira colocada. O petebista é o vice mais expressivo do pleito, com passagem pela CLDF e Secretaria de Justiça. Na eleição de 2014, Alírio só não foi eleito deputado federal por causa do quociente eleitoral, quando obteve expressivos 78.945 votos pelo nanico PEN.

O programa eleitoral e de governo de Eliana se sobressai em comparação com o dos demais postulantes. Em vez de promover ataques aos adversários, a candidata foca em propostas, especialmente para as cidades-satélites, uma demonstração clara de que seu governo não será provinciano, caso eleita.

Roriz governou Brasília por quatorze anos e foi o governador mais popular da história da capital. Entretanto, não conseguiu fazer um sucessor. Doze anos após deixar o GDF, surge alguém capaz de manter seu legado vivo e de incorporar seu jeito de governar, mas com um pequeno detalhe: sai os ternos azuis e entra as saias.
Por Fred Lima
LEIA MAIS >>>

Semana Nacional de Trânsito começa nesta terça-feira (18)

Mas as atividades do Detran-DF iniciaram, um dia antes, com o projeto Mobilidade ao Redor, no Ministério das Cidades
 Com o propósito de ampliar os meios de conscientização dos usuários das vias, promover a segurança no trânsito e a mobilidade urbana sustentável, oDepartamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) já deu início às atividades alusivas à Semana Nacional de Trânsito que é realizada, anualmente, de 18 a 25 de setembro.

Com uma extensa programação, a Diretoria de Educação de Trânsito do Detran começou a semana com o projeto Mobilidade ao Redor, desenvolvido em parceria com o Ministério das Cidades, de 17 a 21 de setembro. Paralelo a essa ação será realizado, nesta terça-feira (18), um dia de atividades lúdicas para crianças, no espaço cultural do DNIT.
Também faz parte do cronograma o projeto Cine Detran, com seis exibições e debates sobre o filme Elo Perdido – O Brasil que Pedala, de Renata Falzoni. Ainda haverá campanhas educativas na via Hélio Prates, em Taguatinga e Ceilândia, e na Av. Alagados, em Santa Maria, além da campanha Ultrapasse. Não Passe, sobre a distância de segurança que o veículo deve manter do ciclista.
Durante a semana, o órgão promoverá, em instituições públicas e privadas, nove palestras sobre temas diversos como direção defensiva, segurança no trânsito, relações interpessoais no trânsito, segurança viária de pedestres, segurança de ciclistas e mobilidade, entre outros. Também dará apoio à programação do Dia Mundial Sem Carro, promovido pela Secretaria da Mobilidade, nos dias 21 e 22 de setembro. 
A Semana Nacional de Trânsito se encerra propositalmente no Dia Nacional do Trânsito, instituído em 25 de setembro, data em que se comemora a criação do Código de Trânsito Brasileiro.
Veja o cronograma de atividades em anexo:

Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Detran/DF
SAM, Lote "A", Bloco "B", Ed. Sede - CEP: 70.620-000 Brasília-DF
Fone: (61) 3343-5224; 3343-5225; Plantão: 9.9101-6579
LEIA MAIS >>>

Como economizar embreagem de caminhão

A Sialog – empresa que desenvolve soluções para controle de frotas e gestão de transporte – listou 10 dicas para economizar embreagem de caminhão.

1 – Não segure o caminhão na embreagem

Uma prática comum quanto se está aguardando o farol abrir ou em uma rampa é segurar o veículo na embreagem. Essa prática prejudica o disco e leva ao desgaste excessivo das áreas de atrito da embreagem, platô e volante do motor.

2 – Embreagem não é apoio de pé

Outra prática comum, principalmente nas estradas, é dirigir com o pé apoiado no pedal da embreagem. Essa prática afasta o platô do disco e causa o lixamento do disco, gerando desgaste e consequentemente o superaquecimento do sistema.

3 – Libere o pedal lentamente

Liberar a embreagem bruscamente durante as trocas de marcha. Com essa atitude, os coxins de motor são forçados e danificados com o tempo. Com o tempo, as engrenagens da caixa de câmbio são prejudicadas e disco de embreagem também.

4 – Troque as marchas gradativamente

Procure trocar a marcha gradativamente quando se reduz ou aumenta a velocidade, presando a compatibilidade com os giros do motor. Assim, as peças trabalharão de forma suave.

5 – Evite as arrancadas

Evite arrancar em alguma marcha que não seja a primeira e a utilizar a embreagem com rotações muito altas do motor, evitando atrito excessivo no conjunto.

6 – Evite esses maus hábitos

Evite deixar motor funcionando em marcha lenta por longos períodos e descansar a mão no câmbio.

7 – Saiba soltar a embreagem

É preciso achar o “ponto” entre soltar a embreagem e acelerar o carro para iniciar o movimento. Com muita aceleração e pouca embreagem, ocorre a “queimada da embreagem”, onde o veículo não desenvolve e aumenta o consumo de combustível.

8 – Não patine

O calor causa muitos anos à embreagem e ele só produzido quando a embreagem está patinando. Alguns motivos para a embreagem patinar: falta de habilidade em utilizá-lo corretamente, segurar o carro por meio do moto, arrancar em segunda marcha, entre outros.

9 – Não trafegue em excesso de peso

Além de acarretar multa e prejudicar outras partes do caminhão, como os pneus, trafegar com excesso de peso pode danificar a embreagem.

10 – Sempre faça a manutenção preventiva

Identificar possíveis problemas que podem afetar no desempenho da embreagem também é uma forma de evitar prejuízos em curto e longo prazo.

Fontes utilizadas para esta matéria: MSN, Terra Economia, Vidro Jumbo, Auto Entusiastas Classic e Iveco Deva

LEIA MAIS >>>

Artistas Sul-Africanos fazem sucesso em Brasília

As Bandas africanas Zamajobe e The Legacy se apresentaram no Centro Cultural TCU, na quinta-Feira 13 de setembro. 
O evento aconteceu em comemoração ao Centenário de Nelson Mandela, e contou com a presença do  Ministro sul- africano de cultura e vários artistas que vieram ao país.
Antes do evento foi servido um coquetel com vinho sul africano para os presentes.






LEIA MAIS >>>

Semana da África do Sul Movimenta Brasilia

Minister Nkosinathi Mthethwa,fala para estudantes da Universidade de Brasilia
Para celebrar a cooperação entre os dois países, está sendo realizada a semana da África do Sul no Brasil. As celebrações começaram na terça-feira (11), com a abertura da exposição Nelson Mandela, no Palácio do Itamaraty. Nesta quinta (13), o ministro Nkosinathi Mthethwa fará palestra no Memorial Nelson Mandela, no Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB).

Na sexta-feira (14), haverá exibição dos filmes Winnie e Felicidade é uma palavra de quatro letras, no auditório do Tribunal de Contas da União (TCU). Na mesma tarde, serão exibidas no Instituto de Relações Internacionais da UnB as obras Mandela, um verdadeiro pan-africanista e Cinco dedos de Marselha. Para complementar, o Dj Oskido fará apresentações na capital federal. 
LEIA MAIS >>>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo