São Paulo passa por 2ª reformulação em menos de um ano


O nome estrangeiro mais cotado para o ataque são paulino é o do argentino Milton Caraglio, que é jogador do Tijuana (MEX)O São Paulo passa pela segunda renovação em seu elenco neste ano. Ao término da última temporada, recheada de decepções e insucessos, a palavra mais falada no clube era reformulação.Mesmo com dificuldades financeiras, e após perder alguns de seus principais nomes, o time do Morumbi trouxe seis reforços e uma nova comissão técnica.As principais perdas do clube para esta temporada foram os ídolos Rogério Ceni e Luis Fabiano, e o artilheiro do time em 2015, Alexandre Pato. Chegaram, além de Edgardo Bauza e seus assistentes, Lugano, Maicon, Mena, Kelvin, Kieza e Calleri.
Com um futebol pouco vistoso, mas com uma nova atitude, o time conseguiu superar a apatia mostrada na temporada anterior, e mostrou-se competitivo, abusando da vontade para chegar entre os quatro melhores da América.
O relativo sucesso, porém, passa por novos desafios. Calleri e Kieza chegaram no início do ano e já deixaram o clube; Ganso, o camisa dez da equipe, vai para o Sevilla; o zagueiro Rodrigo Caio é outro que tem grandes chances de seguir para o futebol europeu após disputar a Olimpíada; Rogério pediu e foi transferido para o Sport; e Alan Kardec vai para a China.Com a saída de todos esses nomes, o São Paulo tenta se reformular em meio à disputa do Campeonato Brasileiro.A principal contratação para a sequência da temporada foi, na verdade, uma permanência. O zagueiro Maicon, que jogou no São Paulo durante o primeiro semestre emprestado pelo Porto (POR), foi contratado por R$ 22 milhões mais 50% dos direitos econômicos dos jovens Lucão, zagueiro, e Inácio, lateral esquerdo.
Além dele, o São Paulo já havia trazido os atacantes Ytalo, do Audax, e Cueva, do Toluca (MEX), e na sexta (15), apresentou o centroavante Gilberto, que teve passagens por Santa Cruz, Inter, Sport, Portuguesa e Vasco, e estava no Chicago Fire (EUA).
Após o empate contra o Corinthians, neste domingo (17), o técnico são paulino falou sobre a necessidade de contratação do time.
"Queremos trazer dois ou três atletas. Um é mais um centroavante, certamente. Queremos um estrangeiro, e mais dois que componham a parte ofensiva. Creio que vamos definir nesta semana mesmo. Perdemos Ganso, Calleri, Kardec e Rogério, que fizeram 80% dos nossos gols. Por isso precisamos contratar mais", afirmou Bauza.
O nome estrangeiro mais cotado para o ataque são paulino é o do argentino Milton Caraglio, que é jogador do Tijuana (MEX). Outro estrangeiro comentado no Morumbi desde o início da temporada é o do lateral direito Buffarini, do San Lorenzo (ARG), mas a diretoria são paulina afirma que o negócio é complicado.
Uma contratação quase certa é a do zagueiro Douglas, do Dnipro (UCR). Ele está no processo de rescisão contratual com seu atual clube por falta de pagamentos, mas está se recuperando de lesão e deve reforçar o time tricolor em aproximadamente um mês. O jogador formava dupla de zaga com Dedé, no Vasco, em 2012.

O São Paulo ainda disputa dois títulos neste ano. Na Copa do Brasil, a equipe entrará diretamente nas oitavas de final, junto às outras equipes que disputaram a Libertadores. No Brasileiro, após 15 rodadas, o time tricolor ocupa a oitava posição, com 22 pontos, quatro atrás do G4 e dez atrás do líder Palmeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo