Jornalista norte-americano é morto no Afeganistão

Dois outros profissionais da imprensa que viajavam com David Gilkey, Tom Bowman e Monika Evstatieva, saíram ilesos.
O jornalista norte-americano David Gilkey e o seu tradutor afegão morreram neste domingo, quando viajavam com uma unidade militar afegã que foi atacada na província de Helmand, segundo o National Public Radio (NPR). Seu tradutor foi identificado como sendo Zabihullah Tamanna. Dois outros jornalistas que viajavam com Gilkey, Tom Bowman e Monika Evstatieva, saíram ilesos.
"O David cobria a guerra e o conflito no Iraque e no Afeganistão desde o 11 de Setembro. Estava comprometido em ajudar o público a ver estas guerras e as pessoas nelas envolvidas. Ele morreu perseguindo esse compromisso", afirmou Michael Oreskes, vice-presidente e diretor editorial da NPR. "Como homem e como fotojornalista, David revelou a humanidade de todos à sua volta. Nos deixou ver o mundo e cada um de nós através dos seus olhos", concluiu.
David Gilkey era fotógrafo e editor de vídeo de NPR. Ele foi um dos primeiros jornalistas a ir para o Afeganistão e o primeiro a atravessar a fronteira do Iraque, incorporado no exército norte-americano, tendo feito a cobertura da guerra ao terrorismo desde os ataques às torres gêmeas dos Estados Unidos.Fonte: nominuto

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo