Com nova vitória, Márcio Campos salta do sétimo lugar para a liderança

Campeão de 2015 domina terceira rodada dupla do Brasileiro de Turismo e deixa Goiânia como líder do campeonato
Dono do título de 2015, Márcio Campos desembarcou em Goiânia na última quinta-feira (19) ocupando o sétimo lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro de Turismo e manifestando a necessidade de reação. O saldo das duas corridas que compuseram a terceira rodada dupla de 2016, no entanto, superaram até a expectativa do próprio piloto gaúcho. Com vitória nas duas, ele assumiu a liderança da competição.
A vitória na corrida de sábado (21) deixou Campos em sexto lugar no grid da corrida deste domingo (22), a partir da inversão das seis primeiras posições, determinada por regulamento. Logo após a largada era terceiro. “Dei um grande salto na largada, por fora, e fui lá para a frente”, descreveu. Até o piloto da Motortech Competições chegar à liderança com uma ultrapassagem sobre o paulista Pietro Rimbano foi questão de poucas voltas.
Campos e Rimbano chegaram a revezar a primeira posição na corrida, com vantagem final para o atual campeão. “A corrida foi bem disputada, bem mais que a de ontem. Eu estava um pouquinho mais rápido, meu carro estava muito bom, tudo foi perfeito. Eu não imaginava que de sétimo no campeonato, que não era um lugar para eu estar, conseguiria sair daqui como líder. Foi um fim de semana perfeito, a motivação para brigar pelo título dobrou”.
O também gaúcho Gabriel Robe, companheiro de equipe de Campos na Motortech Competições, viveu processo inverso: chegou a Goiânia como líder do campeonato e terminou a etapa em quarto lugar na pontuação. Ele ficou em 12º lugar na corrida deste domingo, depois do quinto lugar no sábado. “O carro estava melhor que ontem. Resolvemos o problema no freio, o acerto era muito melhor, mas as coisas acabaram não dando tão certo”, lamentou.
Segundo colocado no grid, Robe caiu para quarto logo após a largada. “Em seguida assumi o terceiro lugar e estabeleci um bom ritmo, mas aí tivemos um problema no ventil da roda dianteira esquerda. Foi uma pena, era um fim de semana com tudo para dar certo, mas não deu”, ponderou. “O importante é que ainda temos muito campeonato pela frente e estou na briga”, decretou o piloto, que foi a 70 pontos, ficando a nove do líder da temporada.
Chefe de equipe da Motortech Competições, Adilson Morari revelou uma avaliação positiva da participação em Goiânia. “Márcio fez uma grande largada hoje, foi o piloto de sempre. Foi pena o problema no pneu do carro do Robe. O problema no freio já estava sanado, o carro estava competitivo, ele estava bem rápido. O bom é que estamos competitivos e fortes”, concluiu. Petro Rimbano, da Cimed Racing, e Marco Cozzi, da C2 Team, completaram o pódio.
Sediada em Caxias do Sul, a Motortech Competições tem participação na categoria de acesso à Stock Car na temporada de 2016 viabilizada pelo governo do estado do Rio Grande do Sul através do programa PróEsporte. Viemar, Roal, Agrale, Moinho São Joaquim, Web Continental, Biri Refrigerantes e Zezé Biscoitos são as empresas parceiras da iniciativa. Gabriel Robe conta ainda com apoio de Posto da Figueira, Infoar e Diário Popular.
BRASILEIRO DE TURISMO – TERCEIRA ETAPA
(Resultado da segunda corrida em Goiânia após 20 voltas)
1º) Márcio Campos (RS/Motortech Competições), com 31min41s824
2º) Pietro Rimbano (SP/Voxx Racing), a 1s277
3º) Marco Cozzi (SP/C2 Team), a 10s418
4º) Lukas Moraes (SP/RR Racing), a 11s950
5º) Raphael Reis (DF/Hitech Racing), a 38s822


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo