Vai viajar de carro? Garanta conforto e segurança

Antes de sair de casa, é preciso checar se está tudo em ordem com o veículo
para evitar dores de cabeça na estrada. A revisão do carro deve ser um dos itens
principais na lista de prioridades 
O recesso de final de ano se aproxima e muita gente não vê a hora de cair na estrada. O conselho de que o barato pode custar caro é válido no que diz respeito à manutenção do carro. Como não dá para fazer uma revisão completa em cima da hora, o ideal é que o motorista procure a oficina de sua preferência com pelo menos uma semana de antecedência, e confira se está tudo em ordem com os principais itens do automóvel.

O vice-presidente do Sindicato dos Concessionários e distribuidores de Veículos Autorizados do Distrito Federal (SINCODIV/DF), Alessandro Soldi, dá algumas dicas para não ter problemas durante o percurso. ”Para uma viagem de carro que não passou por uma manutenção preventiva nos últimos meses, é importante checar o pneu, freio, palhetas (limpador de vidro) e o motor”, ressalta.
Na checagem dos pneus, é importante ver se não existe vazamento ou se o mesmo não está muito desgastado. Não há um prazo para substituir o pneu, tudo depende da utilização e da manutenção, e isso pode variar de 30 mil a 50 mil km rodados. Verifique também se o estepe está calibrado e se o jogo de ferramentas está completo: macaco, chave de roda e triângulo de sinalização.
Os freios estão entre os componentes que merecem toda a atenção. São muitos os acidentes nas estradas por causa da falta ou falha nesse sistema. É recomendado revisar a partir de 25 mil km.  Para aqueles que viajam regularmente, a verificação pode demorar um pouco mais.
Por último, a checagem da água do radiador, a troca de óleo e seu filtro, as velas, os limpadores de para-brisa e as luzes em geral não podem ser esquecidos. Tudo isso deve ser pensado na hora de fazer uma viagem de carro. Evitando assim acidentes e transtornos em longos ou pequenos passeios com a família ou amigos.
Custo da revisão 
Os preços variam de acordo com a marca e o modelo do veículo. Em média, uma manutenção básica custa de R$ 350,00 a R$ 500,00. Já uma revisão completa custa em torno de R$ 1.500,00 a R$ 1.800,00. Vale lembrar que as concessionárias trabalham com orçamento. Esta é uma opção para o consumidor saber a situação do automóvel e escolher o local mais adequado para fazer o conserto.
O SINCODIV-DF é filiado à Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e conta com 85 associados. A entidade é responsável pela pesquisa mensal sobre os emplacamentos de veículos no DF. 
SINCODIV/DF
Proativa Comunicação
Tel.: (61) 3242-9058
Twitter: @ProativaC
Facebook: www.facebook.com/proativac
Instagram: proativacomunica


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo