Servidor idealiza instrumento para combater Aedes aegypti

Batizado de Focalizador, um “pau de selfie” com espelho ajuda a encontrar larvas do mosquito em locais de difícil Acesso
O combate ao Aedes aegypti ganhou mais um aliado no Distrito Federal: um “pau de selfie” criativo que ajuda a identificar focos do mosquito em locais altos, como calhas, caixas d’água e ocos de árvores. O idealizador da engenhoca, batizada de Focalizador, é o servidor da Vigilância Ambiental no Recanto das Emas, Sebastião Cardoso.
 Com 70 anos de idade, o profissional visita diariamente várias residências da capital. Porém, em sua lida, identificou que há locais que, pela dificuldade de acesso, podem ficar sem vistoria e tornar-se um criadouro do transmissor da dengue, zika, febre amarela, chikungunya, dentre outras doenças.
 De acordo com Cardoso, a ideia do novo instrumento de combate ao vetor é simples: “Fui ao supermercado, comprei um espelho grande, adaptei a uma dobradiça e uma haste e comecei a usar”. Inicialmente, o equipamento ficou grande demais para ser guardado na bolsa do agente e logo foi reajustado, diminuindo o tamanho.
 Segundo o agente, com o equipamento, ele conseguiu, em um ano, localizar mil focos do mosquito, 240 a mais do que se fazia antes de usar o focalizador. Ele acabou fabricando seis peças e todos os agentes que trabalham no Recanto das Emas já o utilizam. Além do espelho, Sebastião criou uma maneira de acoplar o dosador para jogar o veneno no foco do mosquito.
 PANORAMA - Até a última segunda-feira (14) o DF registrou 9.446 casos de dengue; 15 casos de Febre Chikungunya, sendo apenas dois casos em que o vírus foi contraído dentro do DF; e dois casos importados de Zika vírus, nos quais os moradores foram diagnosticados em Brasília, mas contraíram a doença em estados do Nordeste.
Foto: Brito/Secretaria de Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo