Antes de botar o pé na estrada, pense o que levar na viagem para passar o tédio

Antes de botar o pé na estrada, pense o que levar na viagem para passar o tédio
Graças à melhora no design dos automóveis e a conveniência dos gadgets, as viagens de carro hoje em dia são, em geral, mais divertidas do que costumavam ser. Será que as férias dos Griswold até Wallyworld no filme “Férias frustradas” seriam tão hilárias com GPS e DVD players para entreter as crianças?
Para onde você vai e quem vai na viagem fará toda a diferença na hora de decidir o que levar. Os bebês requerem mais equipamentos e os adolescentes ocupam mais espaço. Porém, independente da idade, eles farão da viagem de carro uma experiência ruim se você não estiver preparado.
Então antes de pegar a estrada, veja algumas dicas.
Evite a ação de “michas” ou cópias usando fechaduras de alto grau de segurança.

Período é propício para investir na proteção do imóvel contra o roubo durante as férias. A

troca das fechaduras, segundo a Ferragens Pinheiro, deve ser um dos itens
prioritários da lista 
Prevenir nunca é demais, sobretudo quando se trata da segurança do imóvel. Nesse período do ano, de viagens e passeios mais longos, recomenda-se verificar se as fechaduras das portas e janelas ainda estão funcionando adequadamente. A dica para fazer uma boa troca é ficar atento a alguns critérios que vão além da estética.
De acordo com a norma técnica NBR 14913, da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), as embalagens devem apresentar todas as especificações necessárias para a escolha do produto certo: frequência de uso (leve, médio ou intenso), grau de segurança (de mínima a máxima) e grau de resistência à corrosão (de 1 a 4).
A intensidade de uso e resistência a arrombamentos, corrosão e à agressividade ambiental, por exemplo, são fatores que devem ser avaliados de maneira cautelosa na hora da compra. “Oferecemos produtos com variados graus de segurança para dar alternativas ao cliente, que escolhe aquele que melhor atende as suas expectativas”, lembra o diretor comercial da Ferragens Pinheiro, Roil Pinheiro.
A Ferragens Pinheiro recomenda que se utilize para fechaduras externas um alto grau de segurança, ou seja, um número maior de segredos por chave. “Isto dificulta a ação de michas (chaves) ou cópias, o que dificulta o arrombamento”, alerta o gerente de vendas.
Para não facilitar a ação de bandidos, é importante observar também se a maçaneta está desgastada. O número exigido pela ABNT para tráfego intenso é de 600 mil ciclos. Quanto maior o número de ciclos maior a durabilidade da fechadura.
Fiquem atentos – As fechaduras confeccionadas com matérias-primas metálicas (aço inox) são resistentes à corrosão (intergranular, alveolar, sob tensão, em frestas, por erosão e galvânica). “É aconselhável considerar as condições do ambiente antes de escolher o tipo mais adequado de aço”, orienta Roil.
Outra recomendação é sempre checar a espessura da porta onde a fechadura será colocada. Segundo o gerente de vendas da Pinheiro Ferragens, os pequenos espaços livres entre as paredes dos materiais em contato são uma forma de ataque local. “A capa passiva não se regenera adequadamente e o metal fica exposto aos ataques corrosivos do meio”, explica. 
Sobre a Ferragens Pinheiro - Fundada em 1960, a empresa nasceu com o objetivo de comercializar aço para a construção civil. De base familiar e pioneira na capital, foi responsável por oferecer grande parte dos materiais para a construção de Brasília. Atualmente, a empresa trabalha com um mix de mais de dois mil produtos comercializados e industrializados. Localizada no Setor de Indústrias de Brasília e Taguatinga, a loja possui moderna estrutura e serviços diferenciados. 
Proativa Comunicação
Tel.: (61) 3242-9058/2845  
Twitter: www.twitter.com/ProativaC
Facebook: www.facebook.com/proativac

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo