Formada força tarefa para tratar da falta de água em Águas Lindas

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (17) na sala de reuniões do Gabinete da Prefeitura de Águas Lindas, uma reunião para tratar da falta de água em alguns setores da cidade.
Participaram da reunião a diretoria do Consórcio Saneago/Caesb, Ministério Público, Câmara Municipal de Vereadores, Policia Militar e Policia Cívil.
Segundo o prefeito Hildo do Candango a reunião teve como objetivo encontrar solução para os problemas de abastecimento de água, “Atravessamos um período crítico onde a oferta de água está abaixo da demanda necessária. Mas precisamos muito do auxílio da comunidade na preservação dos poços artesianos espalhados pela cidade, pois o vandalismo tem causado grande prejuízo a todos”. Disse Hildo.
Os diretores do Consórcio exemplificaram o problema citando o setor Camping Club, “A bomba daquela localidade foi trocada na quinta-feira, no mesmo dia o cabo foi cortado, fizemos a manutenção na sexta-feira e o cabo foi cortado novamente, a pessoa que está fazendo isto tem equipamentos profissionais. O que chama atenção é que neste caso não houve roubo, apenas danificação do cabo com o objetivo de sabotar o fornecimento de água”, disse o diretor.
O prefeito Hildo do Candango solicitou aos comandantes do 17º CRPM Coronel Jose Luiz Biano e ao Delegado Titular da 17a Delegacia Regional da Policia Civil Dr. Fernando Gama apoio no sentido de identificar possíveis receptadores destes materiais como também os autores do vandalismo.
O gerente técnico do Consórcio Saneago, Lourival Andrade, informou aos presentes os investimentos que estão sendo conduzidos em parceria com a prefeitura para melhorar o sistema de abastecimento. “Estamos construindo um grande reservatório no setor Coimbra com capacidade suficiente para atender a região que abrange toda a região do Camping Club e setores adjacentes. No setor 09 estamos construindo mais 500 metros de rede e acionando um novo poço artesiano que aumentará a vasão naquela área. Mas e muito importante lembrar que 50% dos problemas ocorridos nos poços artesianos são em decorrência de vandalismo e furto de materiais como cabos alimentadores de energia e a própria bomba e isso traz um grande transtorno para todos.”
Agora os casos de furtos e vandalismo serão investigados pela Policia Civil para identificação dos autores, receptadores destes materiais e possíveis grupos políticos que possam ter realizado as sabotagens nos reservatórios.
Também participaram da reunião a representante do Ministério Público-Go, Ana Paula Machado Franklin, o gerente da CAESB , Emerson de Oliveira, e a Supervisora Administrativa Comercial da Saneago, Maria Vicentina de Melo.
Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Fotos: ASCOM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo