Moto 1000 GP: equilíbrio técnico marca warm up do GP Petrobras em Curitiba

Eric Granado manteve no warm up o domínio
 que impôs à programação do GP Petrobras em Curitiba

Pilotos de marcas diferentes ocupam as primeiras posições da GP 1000 no treino de aquecimento no autódromo de Curitiba
O warm up do GP Petrobras, último contato dos pilotos do Moto 1000 GP com a pista do Autódromo Internacional de Curitiba antes da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, tornou a evidenciar o equilíbrio técnico entre as marcas de motocicletas que compõem o grid. A principal série da competição apresentou quatro marcas de motocicletas preenchendo as quatro primeiras posições no resultado do treino de aquecimento.

A GP 1000 teve o campeão Matthieu Lussiana como mais rápido. O francês da BMW Motorrad Petronas Racing obteve 0s776 de vantagem sobre o argentino Luciano Ribodino, do Team Suzuki PRT. Piloto da Kawasaki da Target Race Superbike Team, o italiano Sebastiano Zerbo foi o terceiro. O quarto foi Miguel Praia, português da Center Moto Racing Team, piloto de uma Honda. Na classe Evo, o mais rápido foi Diego Pretel, com a Ducati da DRT.

Eric Granado, que estreia no Campeonato Brasileiro, manteve no warm up sua hegemonia no GP Petrobras. O paulista de 18 anos, inscrito pela GST Honda Mobil Super Moto, vai largar da pole da corrida deste domingo. O argentino Juan Solorza, segundo no grid, foi o segundo também no treino de aquecimento, com a Yamaha da Solorza Competición. O terceiro mais rápido foi o paranaense Ademilson Peixer, com a Kawasaki da RF Racing.
 
O warm up deste domingo representou o último contato
 dos pilotos com a pista antes da largada do GP Petrobras
Rafael Nunes, o pole position da GP Light, foi também o mais rápido no warm up. O paranaense do Team Suzuki PRT fechou o treino com exatos três décimos de segundo sobre o gaúcho Marcelo Dahmer, o segundo mais rápido, que vai largar em terceiro com a Honda da K Racing. Também com Honda, o carioca Pedro Lins, piloto da Center Moto Racing Team, ficou em terceiro, logo à frente da Ducati do paulista Ricardo Levy, da DRT.

O primeiro treino do dia foi o da série de formação de pilotos GPR 250. Os irmãos Ton e Meikon Kawakami, companheiros de equipe na Playstation-PRT, que vão alinhar suas motos Honda nas duas primeiras posições no grid, foram os mais rápidos da manhã. As três posições seguintes no resultado do warm up foram preenchidas por pilotos do Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros – Brian David, Guilherme Brito e José Duarte, pela ordem.
A primeira corrida da programação do GP Petrobras será a da GPR 250, com largada às 9h50 para 12 voltas pelo traçado de 3.695 metros do circuito paranaense. Em seguida irão à pista os pilotos da GP Light, para as 16 voltas que terão início às 10h40. A corrida das categorias GP 600 e GP 600 Evo vai começar às 11h40, também com 16 voltas. A largada para a GP 1000 e a GP 1000 Evo, com 18 voltas de percurso, será dada às 12h30.
 
Ton Kawakami (6) foi o mais rápido no último treino para o GP Petrobras
As quatro corridas do GP Petrobras terão transmissão ao vivo pelo site moto1000gp.com.br. A Band Internacional, os canais Bandsports e Esporte Interativo e o portal de internet Terra transmitirão a etapa a partir das 11h30, com a íntegra da GP 600/GP 600 Evo e da GP 1000/GP 1000 Evo, além de VTs compactos da GPR 250 e da GP Light. Todo o pacote de transmissão das corridas tem geração de imagens da paranaense Master/CATVE.
WARM UP – GP PETROBRAS – CURITIBA
(Melhores voltas nos treinos de aquecimento)
GP 1000/GP 1000 EVO

1º) Matthieu Lussiana (FRA/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, 1min21s987 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo