Greve Por Salário Digno e Qualidade de Vida

Na ultima sexta-feira 16, um dia após a decretação de greve geral por milhares de trabalhadores terceirizados que participaram da Assembléia da Data-Base 2015.
Em todos os postos de trabalho no Governo do Distrito Federal (GDF), nas repartições do Governo Federal e nas empresas privadas, os prestadores de serviços na limpeza, conservação, manutenção, carregadores, merendeiras, recepcionistas, porteiros e apoio administrativos cruzaram os braços em protesto à proposta dos patrões de reajuste salarial de 8% e o mesmo índice de aumento para o tíquete alimentação.
No Tribunal de Justiça do DF (TJDF), os trabalhadores, alem de cruzar os braços, também interromperam o transito no Eixo Monumental em frente ao TJDF.
Diversos trabalhadores da limpeza, conservação, porteiros e recepcionistas de órgãos do GDF, se uniram aos professores no acampamento de protesto dos mestres e da CUT Brasília na Praça do Buriti.
O GDF, diante da pressão dos trabalhadores terceirizados, sendo que cerca de 30 mil terceirizados prestam serviços em áreas estratégicas e de saúde publica do governo, convidou o Sindiserviços-DF e do sindicato patronal para uma reunião de urgência.
Porem, as discussões não avançaram e foi marcado novo encontro para a próxima semana.  
Os trabalhadores terceirizados continuam em Assembléia permanente. Ou seja, poderão se reunir a qualquer momento, caso os patrões apresentem uma proposta de reajustes salarial digna e que melhore a qualidade de vida da categoria. 

Unidos Somos Fortes!!!

Por Imprensa Sindiserviços-DF - Robson Oliveira Silva 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo