PT faz interpelação a Aécio Neves no Supremo Tribunal Federal

senador Aecio Neves PSDB
Tucano disse que perdeu eleição presidencial para 'organização criminosa'. PT quer saber a qual partido ele se referiu, a fim de mover ação criminal.

O PT protocolou nesta quarta-feira (3) uma interpelação judicial criminal no Supremo Tribunal Federal (STF) para que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) explique a qual partido se referiu quando afirmou que perdeu a eleição para uma "organização criminosa".
De acordo com o texto da interpelação, se confirmado que o senador falava sobre o PT na entrevista, se configura o crime de difamação. "É necessário aferir a real extensão da declaração, pois se alcançarem a dimensão de comparação do partido político com organização criminosa, obviamente estará configurado o crime de difamação contra o Partido dos Trabalhadores", diz o texto da interpelação.

 Se Aécio confirmar o que disse, o partido poderá processá-lo. "Prestadas as explicações, requer sejam entregues ao interpelante os autos, para que possa adotar as medidas cabíveis", afirma o texto da interpelação.
Em entrevista ao jornalista Roberto D'Avila, veiculada no último sábado (1º) na GloboNews, Aécio disse: “Na verdade, eu não perdi a eleição para um partido político. Eu perdi a eleição para uma organização criminosa que se instalou no seio de algumas empresas brasileiras patrocinadas por esse grupo político que aí está” (veja no vídeo acima, a partir dos 4min).
Na interpelação, movida pelo diretório nacional do partido, o PT afirma, segundo o site, que a acusação do senador agride "todo o sistema representativo e a democracia".

Na segunda-feira, o presidente do PT, Rui Falcão, reagiu às declarações, anunciando que iria processar Aécio. "Já estamos interpelando o senador mineiro derrotado. Em seguida, processo-crime no STF. O PT não leva recado para casa...", escreveu Falcão no Twitter.
O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), também criticou o tucano, chamando-o de “quixotesco perdedor” e que “passou a hora de assumir a derrota”.

No mesmo dia, Aécio rebateu, dizendo que não retira nada do que disse. Em Florianópolis, ele disse que a expressão “organização criminosa” foi a mesma usada pela Polícia Federal para classificar a “quadrilha que atuou durante 12 anos na Petrobras”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo