Integrantes da "Rede Borboletas", a ONG colombiana que recebeu o Prêmio Nansen 2014 do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR) – conhecido como o Nobel humanitário – chegam a Brasília para participar das celebrações dos 30 anos da Declaração de Cartagena para Refugiados. A "Rede Borboletas" é especializada no atendimento a mulheres vítimas da violência relacionada ao conflito colombiano, e recebeu o Prêmio Nansen 2014 no final de setembro.

 Neste domingo (30/11), às 13hs, as "Borboletas" estarão na Cidade Estrutural para participar de debates e apresentações culturais promovidas pelos grupos Coletivo da Cidade e Irmandade Pretas Candangas. As atividades acontecerão na sede do Coletivo da Cidade (Quadra 03, Conjunto 11, Área Especial 02, Setor Norte, Cidade Estrutural), com a participação de jovens e mulheres atendidas pelos dois grupos, abordando temas como violência contra a mulher, pobreza e discriminação racial.

 Na próxima 3ª feira (02/11), a Rede Borboletas será homenageada durante a reunião ministerial Cartagena+30, que reunirá delegações de todos os países da América Latina e Caribe para a adoção de um Plano de Ação com soluções para os problemas de refugiados, deslocados internos e apátridas na região. A reunião Cartagena+30 acontece no Memorial JK (Eixo Monumental, Lado Oeste Praça do Cruzeiro).

 A visita a Brasília da Rede Borboletas se encerra na próxima 5ª feira (04/11), com uma visita à Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

 Sobre a visita à Cidade Estrutural - O Coletivo da Cidade é uma organização não governamental que, assim como a "Rede Borboletas", trabalha com o tema da violência de gênero. Ela atende diariamente 200 crianças e adolescentes no contra turno escolar, oferecendo atividades artísticas e educativas como meio de transformação social. Além disso, é um importante espaço de convivência comunitária e capacitação profissional para os demais moradores da Cidade Estrutural.

Durante as atividades na sede do Coletivo das Cidades, as integrantes da "Rede Borboletas" terão a oportunidade de falar sobre seu trabalho com as mulheres vítimas de violência na região de Buenaventura, no litoral colombiano banhado pelo Oceano Pacífico, e trocar experiências com as outras organizações que participarão do encontro.

 Localizada a 15 km do centro de Brasília, a Cidade Estrutural nasceu e organizou-se em torno de um aterro sanitário, ainda hoje a principal fonte de renda de seus habitantes. Com um dos maiores índices de pobreza do Distrito Federal, a cidade tem uma população de aproximadamente 70 mil pessoas, sendo 60% delas crianças e adolescentes. As mulheres atendidas pelo Coletivo da Cidade, muitas delas chefes de família e adolescentes, vivem em moradias precárias, não têm acesso a emprego e enfrentam violência doméstica e sexual. É para esta população que o relato do trabalho das Borboletas em Buenaventura (Colômbia) pretende servir de inspiração.

 Outras atividades – Além de participar da reunião ministerial Cartagena+30, as integrantes da Rede Borboletas conhecerão o serviço de recebimento de denúncias de violência de gênero administrado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. O objetivo desta visita é permitir que as Borboletas conheçam o serviço, trocando experiências e impressões com as funcionárias deste serviço de atenção.
 A visita da "Rede Borboletas" a Brasília acontece no marco das celebrações do 30º aniversário da Declaração de Cartagena sobre Refugiados, conhecido como processo Cartagena+30, que será encerrado nos próximos dias 02 e 33 de dezembro com um encontro ministerial em Brasília.
 O evento com mulheres do Distrito Federal insere-se ainda na agenda do ACNUR relacionada à campanha "16 Dias de Ativismo contra a Violência Sexual e de Gênero", que se iniciaram no dia 25 de novembro e vão até 10 de dezembro.

Encontro com Rede Borboletas na Cidade Estrutural
 Data e hora: 30/11 (domingo), de 13h30 às 18h
Local e endereço: Coletivo da Cidade, Quadra 03, Conjunto 11, Área especial 02, Setor Norte - Estrutural/DF
Contatos para imprensa: Assessoria de Comunicação do ACNUR - (61) 3044.5744

 Programação
• Das 13hs30 até 15hs – Apresentação da Rede Borboletas e ONGs
Apresentação das entidades participantes do encontro e do trabalho desenvolvido pela Rede Borboletas em Buenaventura.

 • Das 15hs às 15hs40 - Apresentação Cultural As entidades apresentarão diferentes performances artísticas e culturais (música, teatro, poesia e grafite) como forma de enfrentamento à violência doméstica e sexual.

 • Das 15h40 às 17h – Debate entre os participantes: Debate aberto para promover a interação entre o público e as representantes da Rede Borboletas. O objetivo é estimular o surgimento de questões sobre problemas reais que a população local enfrenta e receber um feedback das Borboletas, a partir de sua experiência em Buenaventura.


 • Das 17h3 às18h – Confraternização: Lanche coletivo preparado pelas mulheres da comunidade com o apoio da ONG Coletivo da Cidade. Momento de descontração e interação entre as pessoas e as Borboletas.​ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo