Projeto da CEB e Itaipu Binacional traz carros elétricos para Brasília

Governador Agnelo Queiroz
Os primeiros carros elétricos de Brasília já estão circulando nas ruas do DF.  A CEB Distribuição e a Itaipu Binacional lançaram, na manhã desta segunda-feira (9/6), o projeto Brasília Ecomóvel com o objetivo de motivar a implantação da mobilidade elétrica inteligente no DF. Dois veículos elétricos ficam expostos para visitação pública,  no estacionamento nº11 Parque da Cidade, até o dia 23 de junho.

"A CEB está trazendo uma solução que em um futuro próximo pode mudar o cenário de Brasília. O respeito ao meio-ambiente, à mobilidade urbana e à saúde do cidadão são os princípios que guiam esse projeto", disse Rubem Fonseca, presidente da CEB.
O Brasília Ecomóvel visa implantar uma rede inteligente de veículos e eletropostos que possibilitará à CEB conhecer as potencialidades dos veículos elétricos e, assim, ajudar o Governo do Distrito Federal formular políticas públicas para o setor. "É uma ação inovadora e criativa, pois faz a defesa de uma cidade sustentável", discursou o governador Agnelo Queiroz.

Além da CEB e da Itaipu Binacional, também fazem parte do projeto a multinacional Aliança Renault-Nissan, referência na fabricação de veículos elétricos no mundo, e a empresa portuguesa CEiiA - expert no desenvolvimento de soluções de mobilidade e conectividade.

Ministro Edson Lobão e presidente da Ceb
A frota da CEB conta com quatro veículos, adquiridos da Itaipú Binacional por comodato pelo período de quatro meses. Os carros têm autonomia de 120 km e podem ser recarregados em um dos dois eletropostos instalados pela CEB: um na sede da empresa, no SIA, e outro no Parque da Cidade, que também conta com um carro elétrico. O tempo médio de reabastecimento é de três horas.

"O projeto Brasília Ecomóvel é audacioso e de maior visibilidade por estar na capital do país. E que vai servir para desenhar o futuro das cidades, transformando o paradigma da logística urbana e apresentando melhores características para frotas empresariais, para o transporte público", explica Margarete Groff, diretora financeira da Itaipu Binacional.

Além de não serem poluentes, os veículos elétricos são conectados, em tempo real, a um  sistema de mobilidade inteligente (mobi.me), desenvolvido pela CEiiA. Cada usuário dos veículos tem um cartão de autenticação no sistema que permite recarregar o carro em qualquer eletroposto da rede e dar feedback ao sistema sobre a performance do veículo e do carregamento de sua bateria.

O sistema mobi-me também permite monitorar todas as informações relativas ao veículo como distância percorrida, autonomia, consumo, temperatura, localização, impacto do abastecimento na rede de energia, entre outros. "Estamos dando um passo adiante na popularização dos veículos elétricos e naquilo que virá a ser a grande solução de mobilidade urbana no país", conclui o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão.

Fonte:CEB-DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo