Moto 1000 GP abre programação do GP Michelin nesta sexta em Interlagos

Segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá mais de 10 horas de atividades em pista entre treinos e corridas

O Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo (SP), volta a ser a capital nacional da velocidade a partir desta sexta-feira (13), dia do início dos treinos do GP Michelin, segunda etapa do Moto 1000 GP. O cronograma de atividades em pista prevê quase 10 horas de treinos entre as sessões livres e as tomadas de tempo classificatórias marcadas para o sábado (14), além do warm up de domingo (15), dia das corridas

  Desde 2013 o Moto 1000 GP tem homologação oficial da Confederação Brasileira de Motociclismo para colocar em disputa os títulos do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade em suas quatro categorias: GP 1000, GP 600, GP Light e GPR 250. Em 2014, na sua quarta temporada, o evento promovido por Gilson Scudeler passou a constar também do calendário oficial de competições da Federação Internacional de Motociclismo.

A GP 1000, principal categoria do Brasileiro de Motovelocidade, terá no GP Michelin a 30ª corrida da história do Moto 1000 GP, mesma marca atingida pela GP Light – as duas integram o evento desde sua criação, em 2011. Na GP 600, instituída em 2012, a prova em Interlagos será a 18ª. A GPR 250, série de formação de pilotos implantada no ano passado, chegará à 10ª corrida oficial – não computada a prova extracampeonato realizada em 2012.

Os treinos e as corridas terão na pista de Interlagos, além dos pilotos do Brasil, representantes de Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Qatar, França e Portugal. A programação de provas do domingo será intercalada com shows de wheeling – serão várias demonstrações de acrobacias sobre motos. Depois da última corrida os motociclistas presentes terão acesso à pista no Motopasseio, ação de confraternização cada vez mais procurada pelos torcedores.
GP MICHELIN – SEGUNDA ETAPA DO MOTO 1000 GP
13 a 15 de junho - Autódromo de Interlagos - São Paulo (SP)

Sexta-feira, dia 13
12h30 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
13h05 – primeiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
13h40 – primeiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
14h15 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)
14h50 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h25 – segundo treino livre da GP 600 (25 minutos)
16h00 – primeiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
16h35 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)
Sábado, dia 14
9h00 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h35 – terceiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
10h10 – terceiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
10h45 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)
11h20 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
11h55 – quarto treino livre da GP 600 (25 minutos)
13h20 – quarto treino livre da GP 1000 (25 minutos)
13h55 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
14h30 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
14h55 – treino classificatório Q1 da GP 600 (20 minutos)
15h20 – treino classificatório Q1 da GP 1000 (20 minutos)
15h45 – treino classificatório Q1 da GP Light (20 minutos)
16h15 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
16h30 – treino classificatório Q2 da GP 600 (10 minutos)
16h45 – treino classificatório Q2 da GP 1000 (10 minutos)
17h00 – treino classificatório Q2 da GP Light (10 minutos)

Domingo, dia 15
8h50 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
9h10 – warm up da GP 600 (10 minutos)
9h30 – warm up da GP 1000 (10 minutos)
9h50 – warm up da GP Light (10 minutos)
11h05 – largada para primeira etapa da GPR 250 (8 voltas)
12h05 – largada para primeira etapa da GP 600 (12 voltas)
12h55 – largada para primeira etapa da GP 1000 (15 voltas)
14h05 – largada para primeira etapa da GP Light (12 voltas)
14h45 – Motopasseio

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da BMW Motorrad e da Michelin, fornecedora de pneus a todas as equipes inscritas. A Auto Service Logística é a transportadora oficial do evento, que conta também com o apoio de Suzuki, Beta Ferramentas, Servitec, LeoVince, Shoei, Tutto Moto, HPN e Peterlongo.
fonte;Grelak comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo