Prefeitura de Luziânia ampliará a oferta de cursos profissionalizantes

Alunos do curso de reciclagem ministrado em 2013: motivação
Meta para 2014 é preparar, aproximadamente, cinco mil pessoas para o mercado de trabalho

Em 2013, Luziânia liderou em número de inscrições, no Estado de Goiás, para cursos de capacitação e qualificação profissional por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Com o apoio e suporte da Prefeitura, foram formadas 72 turmas, que aprenderam gratuitamente diversas profissões, entre elas: eletricista, operador de computador, balconista de farmácia, mecânica industrial e auxiliar de RH. A meta da atual gestão para 2014 é viabilizar a ampliação da oferta de vagas no município. O objetivo é atender, aproximadamente, cinco mil pessoas até o fim do ano.

“Neste primeiro bimestre, só no Distrito do Jardim Ingá serão oferecidos 10 cursos. O programa é um sucesso no município; isso se deve ao interesse da população e também porque a Prefeitura nos dá apoio e não mede esforços para que os cursos cheguem a todos os bairros”, afirma Mírian Bueno, coordenadora do Pronatec em Luziânia.
Alunos do curso de eletricista fazem visita técnica à CELG
A coordenadora também diz que é gratificante ver os alunos saírem dos cursos e já conseguirem um emprego. “Isso, sim, é assistência social. O Pronatec incentiva as pessoas a buscarem melhor qualidade de vida. Damos condições para que consigam sucesso profissional. Em 2014, muitos cursos já serão ministrados de acordo com as necessidades das empresas e indústrias instaladas no município”, garante.
 Fabiana Saraiva, moradora no Parque Estrela Dalva IX, concluiu o curso de reciclagem no final de dezembro de 2013 e, juntamente com outros colegas da turma, está desenvolvendo um projeto para a implantação de uma ‘associação de reciclagem’. A ideia surgiu no curso, e logo a Prefeitura viabilizou um consultor do Sebrae que está dando toda assistência ao grupo na elaboração do projeto. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da coleta seletiva e também ensinar a comunidade a reutilizar o lixo. “Eu reutilizo bastante embalagem descartável, como garrafa pet, na elaboração de utensílios domésticos, objetos de decoração, entre outros. Meus vizinhos já aprenderam a separar o lixo e me entregar. Isso já é um avanço para nós, pois sem lixo na rua, além da cidade ficar bonita, estamos prevenindo inúmeras doenças”, ressalta.
fonte:Equipe da ASCOM/ Com edição de Rodrigo Piccirili

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo