GDF divulga resultado de licitação de Tecnologia da Informação

Quatro empresas venceram concorrência para prestação de serviços da fábrica de software
Foto: Mary Leal
A Subsecretaria de Licitações e Compras (Sulic), unidade vinculada à Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan), finalizou o processo para contratação de empresas especializadas na prestação de serviços de Tecnologia da Informação, em regime de fábrica de software, ao Governo do Distrito Federal (GDF). A convocação das empresas vencedoras foi divulgada, nesta sexta-feira (22/11), no Diário Oficial.
 As empresas Lightbase Serviços e Consertos em Software Público, Confidere Informática e Serviços, Interagi Tecnologia e 3Way Networks Informática ofereceram os menores preços e levaram, cada uma, um dos lotes oferecidos no Pregão Eletrônico n. 100/2013. Ao todo, os itens 02, 03, 04 e 05 do pregão foram licitados por R$ 30,4 milhões.

A licitação foi realizada na forma de registro de preços. Com isso, o GDF tem à sua disposição a relação dos menores preços, oficializados em uma ata, pelo período de 12 meses. Assim, só precisará desembolsar os valores à medida que houver a necessidade de contratação do serviço.
"Essa é uma maneira de licitar mais econômica para o governo, pois conseguimos reunir em um só procedimento as demandas de vários órgãos e entidades, racionalizando recursos como o tempo e pessoas. Além disso, com um grande poder de compra, podemos obter condições e preços mais vantajosos.", explica a subsecretária de licitações, Mariana Delgado.

A Subsecretaria de Licitações fez uma análise rigorosa nos documentos das empresas classificadas na licitação. Isso, porque, essa foi a primeira grande licitação realizada pelo GDF, após as irregularidades constatadas no inquérito da Caixa de Pandora.
A fábrica de software deverá prover o governo de serviços que vão desde o desenvolvimento de novos sistemas de informação a portais para a intranet e internet. O objetivo do GDF com a contratação desses serviços é promover uma maior integração entre os sistemas internos do governo e, dessa forma, dar à população respostas mais rápidas às suas demandas.

Ao todo, a contratação da fábrica de software deverá atender a 26 unidades do Governo, dentre elas 19 secretarias, a Procuradoria-Geral do DF, a Fundação Hemocentro e a Fundação de Apoio à Pesquisa.
Segundo a subsecretária de Tecnologia da Informação e Comunicação da Seplan, Renata Márcia Canuto Galdino Dumont, há cerca de oito anos o GDF não fazia uma licitação para contratação de serviços de TI desse porte, abrangendo demandas de diversos órgãos. " Esta é uma licitação muito especial, pois representa a retomada da credibilidade do governo em relação às licitações de tecnologia da informação", afirma a subsecretária.

Fonte: Ascom/Seplan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo