Obras de Mobilidade integrarão todo o Distrito Federal

GDF tem projetos que somam R$4,83 bilhões O Governo do Distrito Federal tem projetos de mobilidade urbana para todo o DF, e busca agora, o financiamento do governo federal para que, os novos BRT's, trechos de metrô e de VLT melhorem a qualidade de vida da população do DF.

"Temos um projeto ambicioso de mobilidade urbana, que inclui a renovação de toda a frota de ônibus, que deve estar na rua até dezembro, e uma série de intervenções, como a ampliação do metrô e linhas de BRT", destacou o governador Agnelo Queiroz, após encontro no Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (Mpog), onde busca financiamento para as obras.
Uma das prioridades para melhoria do transporte público é a construção da terceira e da quarta linhas de BRT no Distrito Federal, que já tem o Expresso Sul em fase final de construção e o Expresso Oeste financiado.
O BRT – Norte, pelo projeto do GDF submetido ao Governo Federal, partirá da Rodoviária do Plano Piloto e do futuro Terminal da Asa Norte e seguirá pela Estrada Parque Indústria de Abastecimento (EPIA) até Sobradinho II e Sobradinho , de onde se direcionará para Planaltina.
Segundo a proposta, que exigirá um investimento de R$1,04 bilhão, terá 57 estações ao longo de 67 km, todos percorridos por ônibus articulados ou biarticulados.

Com exceção dos trechos do Eixão Norte e dos acessos a Sobradinho II e Mestre D'armas, em Planaltina, todo o trajeto será em pitas exclusivas.
"Essa é uma obra essencial para que a integração da região norte do DF, nos outros modais, como metrô e as demais linhas de BRT", ressaltou Agnelo Queiroz.

A quarta linha de veículo leve sobre rodas será o Eixo Sudoeste, com 34,9km e 27 estações no Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Riacho Fundo I, Núcleo Bandeirante, além de Arniqueiras e a Área de Desenvolvimento Econômico (ADE), ambas em Águas Claras.
Com um custo de R$190 milhões, o projeto prevê integrações com o Eixo Sul - que será entregue no fim do ano – próximas ao Gama, a Santa Maria e a Candangolândia.

"Com isso você alivia todo o sistema de transporte da região sul do DF, com a criação de novas alternativas para o deslocamento", afirmou o chefe do Executivo regional.
TRILHOS – No projeto de conclusão do metrô está prevista a conclusão das estações Onoyama, Estrada Parque, 110 Sul, 106 Sul e 104 Sul, além da extensão de 7,5km no sistema, que deverá chegar até o final da Asa Norte.
No novo trecho, que demandará R$1,4 bilhão, estão previstas oito estações: 103 Norte, 105 Norte, 107 Norte, 109 Norte, 111 Norte, 113 Norte, 115 Norte e o Terminal Asa Norte.
A obra se soma aos 7,5 km de novos trilhos que devem começar a serem construídos nos próximos meses, no Setor Comercial Norte e em Ceilândia e Samambaia.
O Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) criará um novo eixo de desenvolvimento nas vias W3 Sul e Norte, que terão 19 das 23 estações do sistema, que também terá as estações Asa Sul, Zoológico, Parque das Aves e duas no Aeroporto JK.

O Trecho entre o Terminal Asa Sul e o Aeroporto se encontra em licitação, e receberá investimentos de R$260 milhões, vindos do PAC 2 do Governo Federal.
Para garantir que os sistemas de transporte sobre trilhos funcionem com qualidade com a expansão no número de passageiros o GDF pretende investir R$ 220 milhões na aquisição de 10 novas composições para o metrô.
As 10 composições previstas para o VLT demandarão um investimento de R$120 milhões, também em negociação com o Governo Federal.

GOIÁS – Para garantir que os moradores dos municípios goianos que fazem limite com a região sul do DF, o governo prepara a expansão do BRT Sul até Luziânia, passando por Valparaíso, Novo Gama e Cidade Ocidental.
Com um investimento de R$ 760 milhões, a obra exigirá ações coordenadas do GDF com o governo de Goiás, e órgãos federais como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (ANTT).

Os seis projetos foram apresentados pelo GDF em encontro na manhã de hoje com representantes dos ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) e das Cidades, e aguardam avaliação do Governo Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo