Modelo do Expresso DF atrairá mais usuários para transporte público

A partir do primeiro ano de uso é esperado um aumento de até 20% na demanda de passageiros
  Com capacidade para levar 220 mil pessoas diariamente, o Expresso DF será o principal meio de transporte do Gama/Santa Maria/Park Way a Brasília, tanto que o consórcio responsável pela obra espera um aumento de até 20% na demanda ao longo do primeiro ano de uso.

“Só teremos a ganhar com o novo transporte. Vou usar todos os dias para ir ao meu trabalho no Park Way. Não enfrentar engarrafamento em horário de pico vai ser um sonho virando realidade”, exaltou a domésticaFrancinay da Silva, 30 anos, moradora do Gama.

A migração de passageiros que utilizam carros para o Expresso DF deverá ocorrer gradativamente, a partir do momento que o transporte público se consolidar como uma alternativa viável para os moradores da região sul do Distrito Federal, que também inclui Candangolândia e Núcleo Bandeirante.

Para se ter uma ideia, em 2008, a expectativa do Metrô-DF ao implantar as estações de Ceilândia era que mais 40 mil pessoas utilizassem o transporte na região – previsão que foi cumprida na época.

Além disso, os ônibus do Expresso DF poderão levar, de forma confortável, mais que o dobro de passageiros que os coletivos atuais.

Dados da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) revelam que, em média, um ônibus comum comporta até 80 passageiros, enquanto que o Expresso DF transportará 160 pessoas, em coletivos articulados, e até 200, nos biarticulados.

Para o estudante e morador do Gama, Wallyson Firmino, os ônibus novos reduzirão o desconforto durante a ida e volta do Plano Piloto: “É uma ótima alternativa para acabar com a superlotação dentro dos coletivos”, ressaltou.

NOVIDADES - As facilidades trazidas pelo novo transporte, como reduzir em 50 minutos o período de viagem durante o horário de pico, também serão atrativos a mais para os usuários do transporte público.

“Já fiquei em engarrafamentos que duraram mais de 1 hora. Agora acho que o transporte vai melhorar”, comentou a operadora de telemarketing Rafaela da Silva, 23 anos, moradora do Park Way e que trabalha no Plano Piloto.

“Os estudos demostram que nossa capacidade no horário de pico será de 23 mil passageiros, por linha. Além disso, hoje o tempo de viagem é de 90 minutos, então a estimativa é que nesse horário percorra em 40 minutos”, informou o engenheiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), Samuel Dias Junior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo