Clima frio e asfalto abrasivo marcam estreia do Grand Challenge na pista de Tarumã

Márcio Campos está em terceiro no campeonato
 e tenta diante de sua torcida
 a segunda vitória no ano            
Bicampeão e correndo “em casa”, Márcio Campos aponta economia de pneus como fator decisivo na terceira etapa do campeonato

Em sua terceira temporada, o Mercedes-Benz Grand Challenge tem uma corrida inédita no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão (RS), região da Grande Porto Alegre. A corrida de domingo (28) no circuito gaúcho de 3.016 metros será a terceira das oito etapas que compõem o calendário de 2013 da categoria, em que os pilotos utilizam o modelo C250 Turbo da marca alemã. Os treinos para a prova de Tarumã serão abertos no sábado (27).

Representante do automobilismo do Rio Grande do Sul, Márcio Campos é bicampeão do Grand Challenge. Depois de conquistar os títulos de 2011 e de 2012 formando dupla com seu pai, João Campos, o piloto da Sicredi Racing assume sozinho, em 2013, a pilotagem do carro número 31 – o novo formato, que substitui as rodadas duplas por corridas únicas de 45 minutos, fez com que João assumisse a função de estrategista da equipe gaúcha.

Márcio Campos abriu sua atuação na temporada com vitória em outra etapa inédita – a que fez parte da programação da etapa brasileira da Fórmula Indy, no circuito de rua do Anhembi, em São Paulo (SP). Largando da pole, ele liderou a prova de ponta a ponta. Na segunda etapa, em Pinhais (PR), o piloto da Sicredi Racing enfrentou problemas com os freios e um furo de pneu que o obrigou a um pit stop, deixando-o em nono na bandeirada final.

O bicampeão apresenta-se para a etapa de Tarumã ocupando o terceiro lugar na classificação com 27 pontos, 10 a menos que o líder paulista Neto de Nigris. “O fato de não ter vencido em Curitiba tem pelo menos um aspecto bom, que é não levar o lastro”, lembra, citando o peso extra de 50 quilos aplicado ao carro do piloto vencedor da etapa anterior. “Não levar o lastro em Tarumã vai ajudar bastante, com certeza, mas não é isso que resolve”.

As projeções meteorológicas de frio intenso durante o fim de semana da corrida sugerem atenção quanto à calibragem dos pneus, segundo Campos. “O pneu demora mais para esquentar, com isso a calibragem muda. Mas o maior segredo está na pista, que é bem abrasiva. Ter um acerto que permita poupar os pneus é a chave para a gente tentar se dar bem na corrida. O desgaste dos pneus em Tarumã é muito acentuado”, diz o piloto da Sicredi Racing.

Prevendo que os pilotos transponham à corrida o equilíbrio da tabela de classificação, que tem dois pontos separando o segundo do quinto colocado, Campos adiciona à lista de candidatos à vitória um nome que não integra as primeiras colocações no campeonato – o do também gaúcho Fernando Júnior. “Ele tem um estilo de pilotar que funciona muito em Tarumã, além de conhecer muito a pista. O Fernando vem para essa briga, com certeza”, aposta.

O fato de voltar a correr no Rio Grande do Sul motiva Campos. “Sempre é diferente e um pouco especial, porque aparece bastante gente para torcer, os amigos, os familiares, é um apoio legal de ter em casa”, cita. “Quanto ao carro, eu estou bem tranquilo. Tínhamos uma deficiência de motor na última etapa e ela foi sanada, eu perdia 5 km/h de reta. O problema com os freios também foi resolvido. Então, é esperar a hora de entrar na pista”, finaliza.

O bicampeão do Mercedes-Benz Grand Challenge tem no carro número 31 da Sicredi Racing as cores e logos de Icatu e Mapfre, seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi. Após duas das oito etapas, a classificação do campeonato é a seguinte:
Classificação:
1º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 37
2º) Rubens Tilkian (SP), Dragão Motorsport, 28
3º) Márcio Campos (RS), Sicredi Racing, 27
4º) Amorim Júnior (SP), Fiolux-RSports, 26
4º) Cesare Marrucci (SP), WRacing, 26
6º) Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, 17
Créditos:
Grelak Comunicação - (45) 3037-6667 -
 Fotos: Fernanda Freixosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo