Manifesto sobre a segurança pública em Taguatinga (18 de Abril de 2013)



A preocupação com a segurança pública demanda ações conjuntas do governo e da sociedade civil. A despeito dos esforços realizados pela Administração Regional de Taguatinga, pelos órgãos responsáveis pela segurança e pelo Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG); os moradores, os trabalhadores e empresários do comércio local, os estudantes e as pessoas que transitam na cidade, enfim todos sentem se muito ameaçados pela violência. 

O conjunto de organizações e lideranças comunitárias integradas ao Movimento Taguatinga Unida (MOVITU) quer provocar positivamente o cidadão e o governo a encontrarem soluções eficazes para o enfrentamento da situação. Acreditamos que a conjunção de estruturas e planejamento técnico na área de segurança, de participação cidadã e da busca do entendimento no diálogo com as autoridades e a comunidade é o passo crucial para tornar nossa cidade cada vez mais segura, acolhedora e pacífica para todos. 

Por esse motivo, queremos com esse ato manifestar a necessidade de uma maior integração entre as partes interessadas e o correspondente compromisso de cada uma de encontrar soluções. O MOVITU ouviu diversas pessoas, inclusive lideranças comunitárias e empresários de toda a cidade, e os cidadãos em geral reiteram a implantação com a máxima urgência de medidas inclusive já apontadas anteriormente pelo próprio governo, tais como:
§  Iluminação pública adequada das áreas de maior risco, tais como a região central, as praças, as avenidas e ruas com maior trânsito de pedestres, as regiões vizinhas das paradas de ônibus, das escolas e universidades, e dos locais de comércio.

§  Qualificação dos logradouros e equipamentos públicos e privados (lanchonetes, bancas de revistas), com incentivo a sua ocupação com atividades recreativas, culturais, empresariais que qualificam o ambiente e dignificam os espaços de convivência social.
§  Instalação de câmaras de vigilância, com monitoramento das situações suspeitas e a criação de “corredores” seguros de locomoção de pedestres, integrado com os postos policiais já existentes.

§  Melhoria geral da acessibilidade, evitando as situações que prejudicam a locomoção das pessoas, deficientes ou não, e que também afetam o tempo de locomoção e a concentração do pedestre.
§  Reforço e eficiência das ações de fiscalização e policiamento com eliminação permanente de atividades associadas aos atos de criminalidade, tais como o tráfico de droga, a prostituição, o comércio ilegal de produtos falsificados e os estabelecimentos de fachada que abrigam essas atividades.

Taguatinga possui uma enorme importância para a qualidade de vida de mais de um milhão de pessoas, muitas das quais jovens e adolescentes, vítimas maiores da violência urbana. Autoridades, agentes e técnicos de segurança pública, lideranças políticas e comunitárias, cidadãos em geral, todos possuímos uma dívida até encontrarmos uma real solução.  A cidade segura e saudável é a obrigação mínima que uma comunidade pode oferecer a si e aos outros.

O entendimento no diálogo aberto e fraterno é a nossa principal ferramenta para construir uma sociedade que valoriza a vida e a convivência na justiça e na paz. Podemos exercitar esse diálogo com a realização um Seminário sobre o tema “Segurança Pública em Taguatinga” com a participação de especialistas e das pessoas interessadas e conhecedoras da realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo