Piratas atacam embarcação no Pará e roubam equipamentos e carga

Proprietário da embarcação não conseguiu contabilizar os prejuízos.
Delegacia Fluvial procura quadrilha responsável pelo assalto.


Uma balsa que navegava de Almeirim, no baixo Amazonas, até Belém, foi atacada por piratas na manhã desta sexta-feira (19). Segundo o proprietário da embarcação, José Aires, a balsa foi abordada perto do município de Muaná, na região do Marajó, por um grupo de aproximadamente 10 pessoas que estavam em rabetas, espécie de canoa motorizada muito utilizada pelos ribeirinhos da região.
"Os tripulantes não estranharam a aproximação da rabeta porque é normal vendedores de açaí e camarão pedirem permissão para vender os produtos”, disse José Aires. Após a abordagem, os criminosos levaram objetos pessoais, dinheiro, aparelhos de navegação, como equipamentos de GPS e bússolas, além de parte do carregamento de 20 toneladas de pescado de alto valor comercial. Segundo o dono da embarcação, ainda não foi possível estimar o valor do prejuízo.
Após a abordagem, a balsa seguiu para o município de Barcarena, o mais próximo, para prestar socorro a um rapaz de 20 anos que foi baleado na ação criminosa. A delegacia fluvial enviou lanchas para verificar a situação da embarcação.
Entre os passageiros estavam duas crianças e uma idosa.
A balsa, que mede 70 metros e tem capacidade de carga de 400 toneladas, está em uma área próxima a região de Vila do Conde, em Barcarena, no nordeste do Pará. Equipes policiais da Delegacia de Crimes Fluviais (Deflu), da Polícia Civil, estão percorrendo os rios próximos para tentar localizar os criminosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo