GDF anuncia ações de repressão e prevenção ao roubo de veículos Combate ostensivo inclui mapeamento de rotas de fuga e bloqueio permanente das principais saídas de Brasília


  A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal divulgou nesta sexta-feira (24) uma análise da ação de quadrilhas que cometem roubos a veículos com restrição de liberdade e anunciou que, a partir de setembro, haverá o bloqueio permanente das principais saídas de Brasília. O objetivo é instalar pontos de controle para abordar veículos e agir de forma preventiva. “Vamos fazer revista, verificar documentos e averiguar também a lista dos veículos roubados”, disse o secretário-adjunto, Jooziel Freire.
Freire e o delegado-chefe da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), Eduardo Galvão, apresentaram dados sobre a execução do crime, o perfil dos bandidos e o trabalho de repressão da polícia.
As investigações da Polícia Civil e as prisões efetuadas apontam que o combate ostensivo ao tráfico de drogas tem provocado a migração de criminosos para a prática desse tipo de roubo. Os executores, normalmente menores de idade, retêm a vítima para retardar a denúncia enquanto o veículo é levado para ser adulterado, falsificado e revendido fora de Brasília.
De acordo com o secretário-adjunto, o cenário aponta que grande parte dos roubos é feita por encomenda, principalmente por quadrilhas formadas no Entorno. Muitos dos carros são utilizados para cometer novos crimes. Outro fator avaliado foram as rotas de saída dos veículos roubados. Com uma ferramenta de georreferenciamento, a polícia realiza o mapeamento dos casos e a identificação das rotas de fuga dos bandidos.
“A rota indicava a Saída Sul como uma das principais, pois os criminosos estavam deixando muitas vítimas perto do monumento Chifrudo, na BR-040. Mas nossa atuação obrigou os bandidos a se reorganizarem para a Saída Norte, sentido Sobradinho e Planaltina”, explicou Jooziel Freire, acrescentando que a denúncia de roubos praticados no Entorno no DF também provocou o aumento do número de ocorrências.
Atuação ostensiva – O trabalho integrado e proativo entre as forças de Segurança Pública tem produzido bons resultados. Do início de agosto até ontem (23), foram registradas 43 ocorrências, 22 a menos do que no mês de maio. Com as ações anunciadas, esses números devem cair ainda mais, segundo Jooziel Freire.
A repressão ao crime também levou à prisão de criminosos. Em 2012, foram detidas pelo menos seis quadrilhas que praticavam roubo de carros com restrição de liberdade. O maior grupo, com 18 pessoas, era de Valparaíso. Dos 22 carros recuperados pela polícia de Unaí, 20 eram do DF, o que reforça a tendência de roubos encomendados.
“As quadrilhas levam os carros daqui, adulteram o chassi, mudam a placa, falsificam o documento e entregam a um receptador, que realiza a venda. Mas em 70% dos casos ocorridos no DF, os carros são recuperados em menos de 10 dias”, afirmou o delegado-chefe, Eduardo Galvão.
Dicas para a população:
- Ficar sempre atento quanto ao movimento fora do carro ao sair e ao entrar;
- Não se deixar levar pela aparência das pessoas, pois “um homem usando terno pode ser o cara que vai roubar o seu carro” – disse o delegado;
- Se desconfiar de alguém ou de alguma movimentação perto de seu destino, passe direto;
- Se perceber que está sendo seguido, avise a polícia ou, se possível, siga para um posto policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo