Delegado de Vitória procura a Justiça para suspender carteira de motoristas bêbados

Cantor Bruno, do grupo KLB, é mais uma vítima do álcool no trânsito e foi atropelado por uma amiga que dirigia bêbada.

Esta semana, o cantor Bruno, do grupo KLB, se tornou mais uma vítima do álcool no trânsito. Foi atropelado por uma amiga que dirigia bêbada, de acordo com a polícia. Acidentes como este são comuns em todo o país. Mas um delegado de vitória resolveu dar um basta na situação. Ele está conseguindo suspender a carteira dos motoristas embriagados.

Imagens impressionantes mostram o que o álcool pode causar. Bruno, um dos cantores do KLB, ainda está se recuperando do acidente. Ele levou trinta pontos nos braços e poderia ter sido pior.

“Foi muito violento”, diz Bruno. 


Polícia diz que ela nega ter bebido, mas que refrigerante estava amargo.
Cantor chegou a ser internado e já recebeu alta médica.

Nathália DuarteDo G1 SP

O teste do bafômetro realizado pela Polícia Militar apontou que a motorista que atropelou o cantor Bruno, do grupo KLB, havia ingerido álcool acima do permitido. O atropelamento ocorreu no Itaim Bibi, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (20). A condutora do veículo, que é estudante universitária, é amiga do cantor. Bruno  não vai prestar queixa contra ela.

Após ser atingido, Bruno foi internado no Hospital Albert Einstein, teve ferimentos nos braços e recebeu alta no fim desta manhã. “Foi uma amiga minha, sem querer. Claro, né, as pessoas não querem fazer mal. Algumas pessoas não querem fazer mal às outras", disse o cantor.

O acidente aconteceu, há uma semana, em São Paulo. Eram 4h30 de segunda-feira, Bruno tinha saído de uma boate e estava ao lado de uma van de comida. Um carro, que estava na rua em frente, começou a dar ré.

“Foi questão de segundos. Só olhei pra frente, e me protegi”, diz o cantor.

Bruno ficou prensado entre o carro e a van. Ele conta que o impacto foi forte.

“Deslocou a van pra cima da calçada e andou pra frente. Foi a hora que eu falei: meu deus, morri!”, conta o cantor.

A motorista do carro que provocou o acidente é amiga de Bruno e tinha tirado a carteira de motorista apenas onze dias antes de atropelar o cantor. De acordo com teste do bafômetro, ela havia bebido mais do que o permitido naquela noite.

“Agora ela será processada pelo crime de embriaguez ao volante”, diz o delegado Jesus de Carvalho Júnior.

O Fantástico procurou a motorista, mas ela não atendeu as ligações. Para Bruno, ela deixou uma mensagem. Perguntou se ele estava melhor e queria se desculpar pelo que aconteceu.

Nesta semana, outro grave acidente aconteceu em Florianópolis. Michel Girardi, de 32 anos, está neste carro. Neste outro, a noiva dele. Os dois saíram separados de uma festa depois de uma discussão.

Imagens mostram o carro dele cruzando a pista e acertando em cheio o dela, que capota. Uma segunda câmera mostra que várias pessoas tentam ajudar a vitima. O motorista infrator sai cambaleando e tenta se aproximar. Mas é afastado.

“Ele apresentava aparentemente alguns sinais de embriaguez, como dificuldade na fala, não tinha fluência”, diz o bombeiro Tenente Mateus Corradini.

O motorista não fez o teste do bafômetro e está sendo investigado. Ele poderá ser indiciado por lesão corporal. A jovem passa bem, mas o casal terminou o noivado depois do acidente. Nenhum deles quiseram gravar entrevista.

Já este caso é diferente: Luiza, de Vitória, Espírito Santo, faz questão de ser gravada. A estudante de direito, de 19 anos, é motorista de um carro, mas não tem carta.

“Eu bebi um pouco como qualquer pessoa que bebeu”, diz a estudante.

A estudante foi parada pelos policiais na manhã de 17 de agosto e reagiu: “Estou indo embora, eu tenho que pegar estrada eu vou me locomover agora, bebê”!

Mas dirigir como? O carro estava quase sem pneus. E tinha perdido peças no caminho, como mostram as imagens. Luiza até quis dar a partida, mas usou um canudo no lugar da chave. Depois, ainda tentou fumar uma nota de R$ 50.

A estudante voltava de uma festa. E não explicou à polícia porquê o carro estava neste estado. Ela não fez o teste do bafômetro e foi levada para casa pelos policiais. Quase escapou dessa. Mas acabou na mira de um delegado que não quer mais tolerar casos de embriaguez ao volante.

Os motoristas que se recusam a fazer o teste do bafômetro estão sendo identificados. O delegado de trânsito de Vitória está conseguindo suspender, de maneira bem rápida, a carteira de habilitação dessas pessoas. Isso é feito por meio de uma medida cautelar.

Esta medida é uma decisão de urgência da Justiça e é com ela que Fabiano Contarato tira os motoristas infratores das ruas.

“Em menos de um mês esse motorista já esta com a carteira suspensa”, afirma o delgado.

Sem a medida, o processo demoraria meses, até anos, segundo o delegado.

“Nesse período todo ele continuaria dirigindo, fazendo, cometendo outras transgressões. E é isso que a gente evita”, afirma ele.

Fabiano se baseia no código de trânsito. O artigo 294 diz que, para a garantia da ordem pública, o juiz pode decretar a suspensão da permissão ou da habilitação para dirigir. Esta é uma boa estratégia, segundo o departamento nacional de transito.

“O que ele esta fazendo lá provavelmente vai mostrar pra população que existe a possibilidade dessa ação da autoridade de transito e as pessoas possam começar a pensar um pouco mais antes de beber e dirigir”, diz

Em quatro anos, Fabiano já conseguiu suspender a carteira de quarenta motoristas. Luiza é a próxima na lista de Fabiano. Mesmo ela não tendo carta, o delegado quer impedir que ela nem consiga tirar a habilitação.

Em nota, o advogado de Luiza disse que ela não quer falar porque está abalada psicologicamente.

“O motorista fica na rua praticando atrocidades e outras infrações, às vezes ate matando no transito. Ele tem não a sensação, mas a certeza da impunidade.”, diz o delegado

“Essa questão de beber e dirigir. Qual a eficácia da lei? Não existe eficácia”, diz Luiza. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo