Dimba anda a mais de 200 km/h em um carro da Stock Car


Jogador de 37 anos deu uma volta no circuito de Brasília de carona com Popó Bueno e ficou impressionado: 'Isso daqui é para pessoas excepcionais'



Goleador com passagens por tradicionais clubes brasileiros, como Flamengo, Botafogo, Bahia e Goiás, o atacante Dimba está trocando os gramados pelas quadras de futsal. Porém, o artilheiro do Campeonato Brasileiro e de Estaduais em diversas oportunidades trocou os gols pela velocidade em Brasília, antes dos treinos livres para a 11ª etapa da Stock Car. Ele deu uma volta rápida de carona com o piloto Popó Bueno, que está na SuperFinal, e ficou impressionado com a velocidade alcançada pelos carros da categoria.
Dimba e Popó Bueno na Stock Car em Brasília (Foto: Fernanda Freixosa/ Stock Car)Dimba ao lado do piloto Popó Bueno nos boxes da Stock Car em Brasília (Foto: Fernanda Freixosa/ Stock Car)
Pouco antes de entrar no carro, que tem mais de 500 cavalos de potência, o jogador comparou os dois esportes, e se disse preparado para sentir as emoções de andar no anel externo da pista brasiliense.
- É um negócio difícil, né? Eu acho que com a bola no pé é melhor, mas estamos aqui na presença de um grande piloto: sou fã dele e a adrenalina já está a mil – admitiu Dimba, observando os detalhes do carro.
Torcedor do Flamengo, Popó lembra bem da época em que Dimba defendeu as cores do clube, onde marcou 14 gols em 37 jogos. Mesmo assim, o piloto aproveitou para provocar o convidado antes da experiência a mais de 200 km/h.
- A gente sabe que ele joga um bolão. E agora que ele está mudando do futebol para o futsal, eu quero ver como ele vai sair do automobilismo. Isso é novo para você e quero ver se você vai amarelar aqui – comentou Popó, quarto colocado no campeonato.
Dimba e Popó Bueno na Stock Car em Brasília (Foto: Fernanda Freixosa/ Stock Car)Artilheiro nos gramados, Dimba viveu um dia de piloto
ao colocar o capacete (Foto: Fernanda Freixosa)
Já de capacete, o jogador de 37 anos tentou sensibilizar o piloto a "pegar leve".
- Como ele é um piloto muito rápido e a minha adrenalina já dubiu, estou pedindo para o pezinho dele ir devagar. Eu sou acostumado a andar, no máximo, a 100 km/h – brincou, de joelhos ao lado de Popó.
Depois de dar uma volta rápida no circuito que pode definir neste domingo o campeão da temporada 2011, o jogador ficou sem palavras. Hora de Popó Bueno retribuir a gentileza e também elogiar o atleta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
imagem-logo
© Guerreiros do Asfalto DF - 2012 - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo